27 maio 2009

Mascarado Amor

Esta música é uma confusão sentimental. Não queremos enganar quem amamos e não queremos ser enganados também. Mascarar um amor é fingir que ama e estar junto, ou fingir que não ama e estar longe. O amor pode ser mascarado desde o início, ou ir se mascarando aos poucos com o tempo... Não coloque máscaras nos seus sentimentos. Sinta de verdade e seja cinsero com quem você quer bem.

Mascarado Amor (Henrique Corrêa)

Cadê aquele teu gosto real de ser?
Cadê teu corpo misturado ao meu?
Onde foi teu brilho no olhar quando me vê?
Cadê o abraço apertado que e só teu?

Saudades eu sinto, palavras digo,
E fico onde for pra não causar a dor
E fugir de um mascarado amor.
Mas tenho que estar onde você esta,
Pois minha maior vontade e de te olhar,
Te beijar, te sentir, de ver tua cor.

Não sei se fico satisfeito
Com este seu mau gosto de gostar.
Ninguém neste mundo é perfeito como eu,
Lhe dou o tempo que precisar.

Não sei se fico satisfeito
Com este seu mau gosto de gostar
Mas é só você não tem jeito,
Sou todo seu,
Basta querer me amar

Letra e música: Henrique Corrêa

2 comentários:

  1. Esta é a parte complicada de amar: "fingir que ama e estar junto, ou fingir que não ama e estar longe. O amor pode ser mascarado desde o início, ou ir se mascarando aos poucos com o tempo..."
    Belo, muito belo.
    ABÇão
    MarGGa

    ResponderExcluir
  2. Obrigado MarGGa!
    Esse poema me lembra até a música do Cazuza: "O nosso amor a gente inventa pra se distrair e quando acaba a gente pensa que ele nunca existiu"...

    ResponderExcluir