17 outubro 2015

Saia dos meus sonhos

Saia dos meus sonhos.
Já não basta estar o dia todo em meus pensamentos,?
à noite poderia me deixar viver outras paixões.

Eu já quis pensar em você
Eu já quis estar com você
Todo esse querer foi em vão

E agora que compreendo que não posso te ter
Agora que eu sei que posso ser livre, e até tentei
Por favor, saia dos meus sonhos.

Quando sonho que sou o herói é pra salvar você
Se viajo de férias é em sua companhia
Quando estou voando é pra te encontrar
Depois de matar todos os monstros é seu beijo que recebo

Enquanto isso, na vida real
Não sei nem como posso sentir seu toque
Não posso te aquecer com um abraço longo
Então, saia dos meus sonhos

Por tantas vezes procurei alguém pra colocar em seu lugar
E tentar enganar minha mente e meus sentidos
Mas a noite, ao deitar, não tem jeito
Você vem em meus sonhos

Por favor, saia dos meus sonhos
E venha para minha vida.
Deixe que eu chegue até você
Não fuja pra que eu possa te encontrar
Permita-me um momento
Para que tenha razão eu deixar você permanecer em meus sonhos



Henrique Corrêa


09 outubro 2013

Sem dor, sem ganho

Sem dor, sem ganho. Paciência.
O tédio toma conta do mundo e o mundo não se dá conta do tédio
Não se luta mais?
Não se iluda mais!
Faça com amor. Faça acontecer!

Existe tudo o que é preciso para crescer, mas o tempo, só, não lhe trará o bem até você
Preveja o futuro, trabalhe duro, retire o muro em torno de sua inteligência

Oficinas inteligentes, oficinas de inteligência que desenvolvem a verdadeira consciência
O passado não é tudo, aproveite-o só por aprender com ele, não para sofrer com ele

Reviews interessantes só serão interessantes se você entender o que revê
Exercícios incessantes só serão aproveitados se você não tiver medo de errar e de perder
Pois a dor lhe trará força e a perda lhe dará conhecimento!
Desenvolvimento pessoal!

E o coletivo é sempre bem vindo e sempre bem aproveitado
Se não houver egoísmo e narcisismo no seu local de trabalho

Seja sempre mais!
Seja sempre melhor!
E leve consigo todos que querem lhe acompanhar, todos que querem crescer, todos os que estão ao eu redor!

Prospere! Não espere.


24 setembro 2013

O Fim dos Sentidos

Necessidades
Básicas necessidades impulsionando o mundo em volta
Dificultando ou facilitando

Egos
Cegos que só enxergam sombras na parede
E não percebem o mundo que há por trás da luz

Palavras más ou boas
Nunca no tempo certo
Sempre

E pesados braços que não se levantam para abraçar o simples
Desconfortável
Pensamentos errados
Obsessões vãs

Ilusões
Fugas sem sentido e sem sentimento
Onde poderia haver mais
E há mais, só não se vê

Porque não mostrar os medos de uma só vez?
Porque mostrar?

Dúvidas
Sempre dúvidas
Mas também existe a força maior
O corpo que atrai o corpo
A alma que atrai a alma
E o fim dos sentidos