20 março 2012

Henrique Corrêa e Paulo Batera


11 março 2012

Nem Pensar

Não posso ficar acordado
Que fico ligado
No que ela quer

Se durmo não é sossegado
Só fico pensando
Naquela mulher

Já joguei a vida toda fora
E ela não vai embora
Por causa de mim

E quero que ela fique longe
O mais que distante
Eu não sou assim

Eu passo minha vida só pensando
Eu penso nela por engano
Eu não quero nem pensar

Ao amanhecer estou morto
E ainda indisposto
Ela me diz "Oi"

E quando me lembro do sonho que tive
Na hora eu vejo nós dois

Eu quero escapar da "malvada"
Mas a insistente não sai mais de mim

E quero que ela fique longe
O mais que distante
Eu não sou assim

Eu passo minha vida só pensando
Eu penso nela por engano
Eu não quero nem pensar


"Nem Pensar"
Henrique Corrêa - 2008