17 setembro 2010

Fim de semana

Mais uma sexta-feira
Mais um fim de semana
Será que sempre será assim?
Nunca acabarão os dias?

Vidas começarão a se interagir
Pessoas serão vítimas
Ou então serão suspeitos
De tudo, mesmo sem fazer nada

Amores chegarão ao fim
Ou começarão
Ou recomeçarão
Vai saber
A minha vida será a mesma
Ou não

Seremos escravos da bebida
Do cigarro
E de tudo o que faz bem, ou mal
Não importa, seremos escravos

Teremos mais tempo para passear
Ou para trabalhar
Eu para conversar
Ou para perder tempo

E perderemos tudo
E seremos nada
E chegará a segunda-feira

Nenhum comentário:

Postar um comentário