30 agosto 2009

Quando estás comigo

As vezes parece ser improvável ser feliz
A imagem do mundo pode até ficar toda em cinza
Nem se perceba o aroma das flores
O vento sirva só pra assanhar os cabelos
O sol esteja mais quente que nunca
Todos os defeitos estão ali, ao mesmo tempo
Que nada é tão fácil
Que os amores se esqueçam
Que o beijo não aconteça com paixão
Que o olhar fique distraído demais
Que os abraços pareçam obrigatórios
E tudo mude por falta de atenção
Mas tudo fica perfeito quando estas comigo
Os minutos são eternizados por seu carinho
Eu te amo, e por você e com você
Sou muito feliz
Mesmo que pareça ser impossível
Eu sou
Eu estou
Muito feliz!

Cris Leal

24 agosto 2009

Flash Back

A cada mituto passam vários flash backs
A cada instante eu entrego o meu relax
E vejo em minha volta sonhos paralisados
Meu mundo vazio caminha pra varios lados
Me deram motivo pra me jogarem na cara toda ganancia que acumulei
Me deram um tiro pra me jogarem na cara todo odio que eu acumulei
Deserto, vazio, calmo e tranquilo
Meu coracao ja nao suporta mais
Parado sem rumo, incerto e inseguro
A solidao ja nao me larga mais
Foi tudo um inicio louco e sinistro dentro das paredes e do edredon
Foi fim do inicio, no meio desisto e risco as paredes, rasgo o edredon

Viajando pela terceira vez ao interior da minha cabeça
Quem me disse algum dia que eu sou louco hoje quer que eu enlouqueça

(Henrique Corrêa)

16 agosto 2009

Poema de amor

Encontrei mais um motivo pra me fazer chorar
A saudade que você deixou em seu lugar
Porque você foi pra longe e agora... estou só

Não tive a chance de lhe mostrar
Todos os meus gestos bons
Eu sei que você iria gostar
De quase todos os meus dons
Passei um dia a acreditar
Que você seria pra sempre minha
Mas sei que ainda vai voltar
Por isso espero agora a chance de te ver, pois é você... só você.
A única esperança que desejo em meu futuro

Às vezes me pego a pensar
Em nada além de você e eu
Que nada iria nos separar
E juntos seríamos um só
Mas toda nossa vida mudou
E o tempo nos afastou
Mas a distancia nos deixou o mais importante, o amor
E ainda que, infelizes, temos um só plano
E é por tudo isso que te amo
Estaremos juntos em breve e seremos um final feliz
Pois de tudo aquilo que você me diz
Foi também tudo aquilo que eu sempre quis.

E encontrarei mais um motivo pra me fazer sorrir
Seu retorno e nosso reencontro
Porque você virá pra perto de mim...
E viveremos um sonho.


Henrique Corrêa

13 agosto 2009

Programação Cultural - Festival do Chocolate

Segue a programação cultural que acontecerá no Festival do Chocolate, no Parque da Prainha este fim de semana.
Contamos com a presença de todos, para prestigiar o Artista Canela Verde.

10 agosto 2009

Pensamento hindú

Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos:
_Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?
_Gritamos porque perdemos a calma, disse um deles.

_Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado?, questionou novamente o pensador.
_Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça, retrucou outro discípulo.

E o mestre volta a perguntar :
_Então não é possível falar-lhe em voz baixa?

Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador.
Então ele esclareceu :
_Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido? O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito. Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente. Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância. Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas? Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê? Porque seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena. Às vezes estão tão próximos seus corações, que nem falam, somente sussurram. E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta. Seus corações se entendem. É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Por fim, o pensador conclui, dizendo:
_Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta.

Mahatma Gandhi

05 agosto 2009

Oficina de Iniciação Teatral

A Oficina pretende inserir interessados acima de 15 anos, no universo teatral, que tenham, ou não experiências com as artes cênicas. Serão ministradas aulas como de Corpo, Voz, improvisação e interpretação. No final da Oficina os alunos-atores participarão de uma mostra de Esquetes.

DURAÇÃO: 31 de Agosto a 12 de Dezembro, segundas e quartas de 19:00 ás 21:00 horas.

MENSALIDADE: 40 reais

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: fone (27) 33227391/ 9972-8350 EMAIL: producaofolgazoes@gmail.com

Local: As aulas acontecerão no Espaço da Sede Folgazões, à rua professor Baltazar, 152 cidade alta (próximo a Catedral, ladeira de paralepípedo)

SOBRE OS OFICINEIROS: Vanessa Darmani, mineira, Iniciou-se no teatro trabalhando em movimentos comunitários, igrejas e grupos amadores em toda a região do Vale do Aço e em Ouro Preto MG. Em 2003 se forma em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto MG. Em 2004 é contratada como Instrutora de Teatro da FAFI ES, onde leciona até hoje. Em 2006 se junta ao Grupo Folgazão que passa a se Chamar Companhia Folgazões de Artes Cênicas, hoje divide seu tempo entre montagens, circulação e produção desta Companhia.

Wyller Villaças: Iniciou no teatro em 1996. Trabalhou com Grupo Campaneli, e atuou em diversas montagens de espetáculos no espírito Santo. Como graduando de Artes Plásticas na UFES foi um dos fundadores da CEM Projeto de Extensão (Contos estórias e Mentiras), que durante quatro anos esteve com o espetáculo de Rua “E eu com Isso?”. Em 2006 conclui sua graduação e neste mesmo ano torna-se professor efetivo da rede municipal de ensino de Serra. Ainda em 2006, ingressa na Companhia Folgazões de Artes Cênicas onde como um dos atores fundadores é um dos responsáveis pela produção de arte e manutenção deste espaço criador.