17 março 2009

Aquele olhar

Aquele olhar
Filtro de impurezas
Defensor de minha alegria

Aquele olhar
Longe de tristeza
Anima e prolonga fantasias

Fita-me olhar
Olhar de Deusa
Se não me vês, agonia

Doce olhar
Rara beleza
Me lota, me enche, sacia

Poema de Henrique Corrêa - 13/03/2009
Vila Velha - ES

2 comentários:

  1. Também curto muito poesia... Gostei muito do seu blog!
    mirna
    MILUZ

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Mirna, volte mais vezes!

    ResponderExcluir