22 setembro 2008

Timidez

Desde a primeira vez que vi
Conseguiu me impressionar
Com seu jeito de sorrir
Eu não sabia o que falar
Por um momento desisti
Não tive tempo de tentar
E ao chegar perto de ti
Já não tinha mais lugar

Toda dor que sustentei
O quanto tive que aguentar
Maus momentos eu passei
Por você não me enchergar
Você não tem culpa, eu sei
Me escondi de teu olhar
Foi calado que te amei
Não posso me enganar

Em cada sonho que sonhei
Você tinha seu lugar
Cada passo que eu dei
Nunca parei de pensar
No seu jeito sedutor
No seu modo de expressar
Quase morro de amor
Mas tenho medo de chegar

Toda dor que sustentei
O quanto tive que aguentar
Maus momentos eu passei
Por você não me enchergar
Você não tem culpa, eu sei
Me escondi de teu olhar
Foi calado que te amei
Não posso me enganar

Você não sabe mas eu tentei lhe dizer
Tudo aquilo que eu sinto
Mas não tive a coragem e lhe culpei
Mas você não teve culpa
Você não teve nada a ver

Toda dor que sustentei
O quanto tive que aguentar
Maus momentos eu passei
Por você não me enchergar
Você não tem culpa, eu sei
Me escondi de teu olhar
Foi calado que te amei
Não posso me enganar

(Henrique Corrêa)
Música de 01 de Abril de 2006.
Ouça em http://palcomp3.com.br/henriquecorrea



Licença Creative Commons
A obra Timidez de Henrique Corrêa foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.
Com base na obra disponível em henriquecorrea.blogspot.com.
Permissões adicionais ao âmbito desta licença podem estar disponíveis em http://henriquecorrea.blogpost.com.

3 comentários:

  1. oi gato bjs pegael

    ResponderExcluir
  2. Linda letra mesmo. Parabéns. Nossa, e também, me lembro, com saudades, desse tempo, em meu coração vivia roxo de paixão.


    Lena

    ResponderExcluir
  3. Oi Lena!
    Viver com o coração roxo de paixão é ótimo!
    Paixão sempre é bom!
    Espero que agora seu coração esteja cheio de AMOR!
    Grande Beijo

    ResponderExcluir